Menu Fechar

Es’Hail-2 / P4A Sat – OSCAR 100 – minuta de pedido autorização de operação

Fomos informados que tem sido detetados pela Autoridade Nacional de Comunicações indicativos de Estações acedendo ao novo Satélite Geoestacionário OSCAR 100 sem a necessária autorização, fazendo Uplink na Banda de 2400 MHz (os Amadores têm aí um Estatuto Secundário) e Downlink nos 10 GHz, presume-se, certamente por entusiasmo ou desconhecimento da Legislação.

Com o fim de informar, esclarecer e evitar possíveis futuros dissabores a quem o faz, lembramos o QNAF no que se refere a esta Banda :


Anexamos assim aqui uma minuta exemplo, com
a qual poderão solicitar com facilidade à ANACOM a utilização legal do Espectro
respectivo :

À

ANACOM – Autoridade Nacional de Comunicações

Serviço de Amador e Amador por Satélite

Exmos Senhores

_______(nome)___________,
residente na ____(morada completa)_, com
telemóvel nº __
, Certificado de Amador Nacional da
Categoria , Utente nº __, Indicativo de Chamada _
com validade até /_ /, vem requerer a V. Exas. autorização para
realizar estudos científicos, experiências ou outras atividades de
interesse para o radioamadorismo, no período com inicio a
// e
final em _ / _ /, na faixa de frequências de emissão compreendidas entre 2400 MHz a 2450 MHz em uplink na Polarização Circular Direita, com PAR/PIRE (riscar o que não interessa) de Watts, Larguras de Banda
até 8 MHz, numa elevação da antena emissora em relação ao horizonte de

graus, e sendo a faixa compreendida entre os 10,450 GHz e 10,500 GHz utilizada
na receção do downlink em Polarização Linear Vertical ou Horizontal.

A localização da
estação emissora de Amador por Satélite é a mesma da Licença indicada. (ou
localização da instalação pretendida).

Com os melhores
cumprimentos e agradecimentos.

_____ , _ de de
2019

_(assinatura) __

Observações

Pedidos por mail :
Endereço de email para envio do pedido
at@anacom.pt

Para consultas do QNAF: https://www.anacom.pt/streaming/anexo6_Adenda_2013_QNAF.pdf?contentId=1172997&field=ATTACHED_FILE
Link original:
http://rep.pt/wp/?p=3787